Mística e Simbologia


Mística dos Pioneiros

Jesus é o sinal da chegada à Terra Prometida, o estabelecimento da Nova e Eterna Aliança, que marca o início de um tempo novo. Cristo, com palavras e obras, inaugura na terra o Reino de Deus e institui a Sua Igreja para ser portadora desta novidade. Pedra viva do Templo do Senhor, és chamado a assumir o teu lugar na construção dessa Igreja, colocando os teus talentos ao serviço da Comunidade e assumindo a tarefa de ser construtor. O desafio é que sejas capaz de ultrapassar as tuas perplexidades, compreendas a grandeza do amor de Deus e te assumas como cristão convicto e atuante.

Imaginário

Quem é o Pioneiro? É aquele que, depois da descoberta do mundo que o rodeia, é assolado por um sentimento de insatisfação, de um ímpeto de fazer diferente, de mudar, de inovar, que o leva a soltar-se do que considera supérfluo para pôr mãos à obra na construção e concretização do seu sonho, das suas ambições.

Nesta tarefa preocupa-se em conhecer o que há, em saber o que já foi feito por outros, em conhecer e melhorar as suas próprias capacidades, em adquirir as ferramentas de que precisa. Reúne, a seguir, as vontades para o seu empreendimento. O Pioneiro prefere trabalhar em equipa, em conjunto, e o seu querer e o dos outros é capaz de, realmente, transformar, inovar, construir. O Pioneiro é o insatisfeito, o que primeiro inova e primeiro constrói a comunidade. Reconhecemos este perfil em Pedro, o pescador de homens e construtor da Igreja nascente, reconhecemo-lo nos primeiros navegadores e nos primeiros colonos das novas terras do Novo Mundo, mas, também, nos primeiros astronautas, nos cientistas e nos investigadores da modernidade, e nos artistas inovadores.

Simbologia

Tu, ao tornares-te pioneiro, assumes a vontade de viver sobre a máxima "Saber, Querer e Agir", sendo, sempre, fiel a ti próprio e aos seus sonhos. Para te ajudar nisso reconheces os símbolos Gota de Água, Rosa-dos-Ventos, Machada e ICTHUS (Peixe, símbolo dos primeiros cristãos). Estes símbolos são, para ti, ferramentas de transformação.

Gota de Água

A Gota de Água é símbolo da pureza que vem de Deus. É, também, o símbolo de ti próprio, jovem, pessoa, indivíduo. É transparente, como tu - contigo próprio e com os outros. É, também, alento e alimento para os que te rodeiam. Tu consegues fazer parte de um grupo, e, assim, juntas-te a outras gotas e tornas-te torrente. A Gota de Água mostra-te o SABER. O saber - Ser, o saber - Estar, o saber - Fazer e todos os outros saberes que vêm ao cimo, resultado do combate que tu travas contigo próprio pela marca da individualidade.

Rosa dos Ventos

A Rosa dos Ventos é símbolo do rumo certo, da boa escolha, da decisão ponderada, daquele que encontramos quando seguimos o projeto de Deus. É símbolo da tua vida de pioneiro, das tuas escolhas, da tua atitude, do que queres dos outros. Tu procuras tomar sempre o rumo certo, e estar preparado para optar, para escolher. A Rosa dos Ventos mostra a tua atitude de portador de vontades, agregador de desejos e de disponibilidade. A Rosa dos Ventos salienta o QUERER. A importância da escolha, das suas consequências, mas, também, a importância da vontade, da disponibilidade.

Machada

A Machada é símbolo da construção, da ação, da transformação do mundo segundo a vontade de Deus. É o teu potencial, as tuas capacidades, a tua energia transformadora, o resultado final da combinação do que queres com o que sabes... Tu estás apto a fazer, dominas a técnica, consegues converter o sonhado, o desejado, em matéria, em realização e realidade. Com a Machada encontramos o AGIR.

Icthus

O ICTHUS é símbolo da presença de Jesus Cristo, entre os homens. O peixe simboliza Jesus Cristo - a palavra peixe, em grego, escreve-se ICTHUS, que foi, pelos primeiros cristãos perseguidos, adotado como acróstico de Iesus Christos Theou Uios Soter (Jesus Cristo, Filho de Deus, Salvador), e símbolo secreto de identificação mútua. É para nós, também, o símbolo da evidência e da materialização de Deus à nossa frente, como alimento do corpo e da alma. É, também, símbolo do patrono, São Pedro, um pescador que, convertido, se tornou pescador de homens e testemunho da construção do novo reino inaugurado por Cristo. Procuramos que, para ti, o Pioneiro, o ICHTUS seja símbolo de fé, mas também de lógica e racionalidade assente na «materialização» de Deus em Cristo, pois fé e razão não se contrapõem. Procuramos, com o ICTHUS, salientar o ACREDITAR consciente. 

 

Agenda de Eventos

Bajouca na Rede